23 comentários sobre “Sob o Domínio de Napoleão – parte 1

  1. o video mostra o incrivel dominio de napoleao na época pos-revolucionaria. ele foi o maior lider de uma gigantesca parte da europa. com o auxilio de seu forte exercito napoleao conseguiu conquistar varios territorios e impondo a França como o “centro” do continente. ele rompeu a junçao da religiao com o Estado, estabelecendo novas leis e regras, claro que houve varias revoltas, já que napoleao tirou a igreja do auge, do poder, porem ele era mto forte, o que n causou um resultado eficiente nessas revoltas

  2. O vídeo é muito interessante assim como a maneira como Bonaparte soube lidar com uma França pós revolucionária. Em completa calamidade, Napoleão resolveu proporcionar um pouco de paz para todos os franceses, conseguindo a confiança do povo francês tornando-os, também, governantes não propriamente ditos de suas cidades. Dessa maneira, o jovem de inteligência admirável, manipulou a cabeça de muitas pessoas; fez com que as mesmas passassem a pensar como ele queria, e não como ele pensava, assim se tornaria o salvador da Revolução, consequentemente rico e poderoso.
    Ele trouxe, de fato, mudanças revolucionárias para a sociedade bem utilizadas até hoje, o problema era a sua fome de poder, que a cada mudança tornava-se cada vez mais saciada, isto é, ele estava chegando ao ponto que queria, o tão não desejado pelos seus súditos.

  3. É muito importante o estudo do período napoleônico, uma vez que a ação desse jovem resultou em uma tão grande transformação dentro de diversos países. Entretanto, nem todas as propostas de reformas foram aceitas. Ter que comparecer a comemoração da soberania do povo à força foi algo extremamente criticado. Leilões de mosteiros foram realizados de forma desrespeitosa e com muita avareza. O serviço militar se tornou o medo de muitos homens, já que não sobreviveriam às lutas. E principalmente, a decisão de Napoleão em se coroar imperador da França, onde até mesmo a família do jovem imperador se indignou.
    Mesmo com todas essas oposições, Napoleão tinha um determinação e liderança que o fizeram continuar a preparar seu exército para a invasão de novas cidades, aumentando ainda mais as riquezas da França.

  4. O vídeo é bem interessante, pois retrata o período pós-guerra em que a França estava passando por um momento muito difícil, Napoleão foi quem liderou alguns exércitos em guerras pela França e depois disso se tornou muito conhecido por ser um grande líder, ele mudou as leis da igreja e dividiu alguns estados. Ele estabeleceu códigos que mudaram a vida das pessoas em geral e mudou completamente a vida que as pessoas levavam. Essas mudanças não foram somente na França, elas se estenderam por toda a Europa; e assim até hoje a influencia de Napoleão é muito grande.

  5. Napoleão Bonaparte. Todos já ouvimos esse nome, além disso o relacionamos à conquista e ao poder. Essa associação não é à toa, pois no final da Revolução Francesa, em 1804, tramou e executou um golpe de Estado numa França pós-revolucionária, mas que ainda sofria de maneira socioeconômica e financeira. A ascensão ao poder por parte de Bonaparte meio que salvou o país financeiramente, mas teve seu preço: o ditador impôs novos impostos e taxas, mudou o calendário e aboliu o cristianismo, essa última ação revoltou muito os habitantes locais. Mesmo com tudo isso, o novo governante apoiava os ideais defendidos pelo povo, que eram liberdade, igualdade e fraternidade (em francês: liberté, égalité et fraternité) e isso agradou muito a população. Com todas essas conquistas, incluindo a estabilidade da França, o que provavelmente passou pela cabeça de Napoleão foi que se ele já tinha conquistado o país, por que não mais? Com esse desejo, partiu para novos territórios, conquistando cada um deles e expandindo seu império diretamente e por meio de intermediários. É interessante ver como um ditador, imperador, tão incriminados pela sociedade pôde reerguer um país e ainda por cima expandir seu território e seu poder.

  6. O vídeo mostra uma visão bem ampla do fim do século XVIII ao na França, se focando mais em Napoleão Bonaparte. Quando a Revolução Francesa explodiu, países vizinhos da França, aliados da coroa, começaram a combater os revolucionários com o objetivo de reinstalar o poder da monarquia lá. O general era Napoleão, que saiu vitorioso em batalhas contra vários países, e então virou cônsul, e vários anos depois, com o fim da Revolução e bem visto pela população por suas vitórias, tornou-se imperador da França. Porém, visando grande poder, decidiu conquistar outros países, instalando o Império Napoleônico e um período de guerra. Também foi criado o Código Napoleônico, que tinha várias ideias liberais.

  7. Achei o vídeo bem interessante pois explica excelentemente como era a França durante os séculos XVIII e XIX. Também fala sobre Napoleão e suas conquistas no período pós-revolucionário se tornando líder de grande parte da Europa e conquistando diversas terras. Ele foi quem causou na separação da igreja e do estado fazendo com que diversas pessoas não gostassem dele.

  8. Achei o video bastante interessante por mostrar o contexto histórico vivenciado pela França nesse período de pós-revolução. Napoleão, antes um simples líder do exército francês se tornou autoridade máxima do poderoso exército francês, que conquistou muitos territórios.
    É muito interessante também mostrar a chegada dos ideais “liberdade, igualde e fraternidade”, que modificaram os pontos de vista e opiniões da população francesa. Inclusive, é importante ressaltar que muitas das mudanças geradas por Napoleão Bonaparte causam influência na sociedade atual, portanto, podemos e devemos considerar como de extrema importância as suas ações.
    O vídeo também mostra muitos dos feitos de Napoleão, em áreas como: Direito, Religião, Administração, Economia, dentre outras.
    Vale ressaltar também a perda de poder da nobreza e da Igreja católica durante o fim do século XVIII e início do século XIX.

  9. É extremamente interessante notar que quem estava no centro do poder na época do Consulado era a burguesia (os industriais, os financistas e comerciantes), e consolidaram-se como o grupo dirigente na França. Os ideais “liberdade, igualdade, fraternidade”, da época da Revolução Francesa foram, essencialmente, abandonados, e através da forte censura à imprensa e ação violenta de órgãos policiais, a oposição ao governo foi destruída.

    Durante o período do Consulado, uma recuperação econômica, jurídica e administrativa ocorreu na França. Napoleão realizou diversos feitos em áreas diferentes durante este período, tais como:

    – Economia : o Banco da França foi criado, em 1800, controlando a emissão de moedas, reduzindo a inflação, estimulando a produção e o consumo no território francês.

    – Religião: com o objetivo de usar a religião como instrumento de poder político, Napoleão assinou um acordo entre a Igreja Católica e o Estado, que dava o direito do governo francês de confiscar as propriedades da Igreja, e em troca, o governo teria de apoiar o clero.

    – Direito: o Código Napoleônico, um código civil, foi estabelecido, representando em grande parte interesses dos burgueses, como casamento civil (separado do religioso), respeito à propriedade privada, direito à liberdade individual e igualdade de todos perante à lei.

    – Administração: pessoas da confiança de Napoleão eram indicadas aos cargos administrativos.

    É importante observar também todas essas mudanças de um ponto de vista diferente. Essa nova visão pode ser fornecida através da leitura de uma das obras mais ricas da História, na opinião daquela que agora escreve: “Os Miseráveis”, de Victor Hugo. A trama se passa entre dois episódios específicos da história francesa: a Batalha de Waterloo, em 1815, que representou o fim do sonho imperialista de Napoleão Bonaparte, e os motins de junho de 1832, em Paris, quando estudantes republicanos tentaram, em vão, derrubar o regime do rei Luís Filipe I. No livro, é possível observar a vida de personagens pobres, sujos e desvalidos, através de um ponto de vista claro, escandaloso por pura falta de hábito, do ponto de vista das classes mais baixas, dos representantes de toda a miséria acumulada pelo absolutismo de Luís XIV, e depois nos reinados de Luís XV e Luís XVI, que desembocaria na Revolução Francesa e, mais tarde, em Napoleão.

    Antes de encerrar esse comentário, queria mostrar somente um pequeno trecho de uma carta: “Que fazes o dia todo, Madame? Que negócio é assim tão importante que te rouba o tempo para escrever ao teu devotado amante? Que afeição abala e põe de lado o amor, o terno e constante amor que lhe prometeste? Quem será esse maravilhoso novo amante que te ocupa todos os momentos, tiraniza seus dias e te impede de dedicar qualquer atenção ao teu esposo? Cuidado, Josefina: alguma bela noite as portas se abrirão e eu surgirei. Na verdade, meu amor, estou preocupado por não receber notícias tuas; escreve-me neste instante quatro páginas plenas daquelas palavras agradáveis que me enchem o coração de emoção e alegria.”. Essas palavras foram escritas pelo próprio Napoleão Bonaparte, mostrando que, antes de ser um grande conquistador, com sonhos imperialistas rondando sua mente, antes de seu um “ditador”, um militar, era tão humano quanto qualquer um de nós.

  10. O vídeo se passa o período pós Revolução francesa, mostrando a crescente ascensão de Napoleão Bonaparte. A revolta do povo contra os privilégios da nobreza e do clero acabou causando temor nas outras casas reais europeias que temiam a sociedade, o que fez com que estes se unissem e lutassem para subjugar os novos ideais.
    Quando a Revolução alcança o sacro-império romano ela é bem em recebida por alguns, enquanto outros fogem e se escondem temendo as atitudes turbulentas dos revolucionários. A invasão e a ocupação do sacro-império romano iniciaram importantes mudanças, uma delas foi a possibilidade de crescimento da França diante da grande potência que se encontrava agora subjugada.
    Em meio a todas as renovações um jovem general tenta tomar proveito da situação, era determinado e firme sob pressão, além de ser um bom líder, seu nome era Napoleão Bonaparte. Ele leva seus homens até a frente do parlamento e toma o poder em um golpe de Estado e usando seu poder de fogo ele obriga a Assembleia a elegê-lo novo chefe de Estado. Logo perceberam sua ambição e sob a necessidade de dinheiro para a reconstrução de uma nova França, os camponeses saqueiam cofres por todo o território. Napoleão consegue então reerguer a França que se encontrava em um mau estado financeiro, no entanto, ele impôs uma série de medidas rígidas como novas taxas, implementação de um novo calendário (de forma a abolir o domingo cristão), o abandono da religião católica de maneira intensa (mudança que não agradou a todos), além de um sistema unificado de medidas e a introdução de um dia que durava menos tempo. Não podemos deixar, no entanto, de mencionar algumas melhorias como mudanças de higiene sanitária e a redução da importância dada às classes sociais.
    Napoleão também é um líder militar genial, garantindo o crescimento e bom tratamento de seu exército que era a força do seu poder. Napoleão toma vários países e usa seu novo poder para aumentar sua influência através do continente, ele conquista antigos nobres e usa-os para acabar com o poder da Igreja. Mesmo com seus novos territórios ele continua insatisfeito e decide governar a França como imperador, o que traz muitas insatisfações por parte do povo, que acredita que isso é uma traição aos ideais revolucionários. Napoleão começa a censurar também a imprensa, trazendo o retorno do absolutismo e de rígidas medidas presentes na monarquia antes da Revolução. Apesar de enfraquecido o sacro-império romano não havia sido completamente subjugado e acontecia então a luta final entre esse império e a França e para isso jovens franceses eram cada vez mais convocados para o exército. Além do grande número de homens Napoleão contava com mapas precisos e outros recursos que acabara por fazer com que ele vencesse a disputa e acabasse com o sacro-império romano. Ele coloca então vários de seus familiares no poder espalhados pelo território. Ele também institui o Código Napoleônico que é válido em todas as partes da Europa por ele conquistadas e que tem como princípios básicos liberdade, igualdade e fraternidade, defendendo vários ideais liberais, no entanto, uma parte da população não tem os mesmos direitos (como as mulheres).
    Napoleão também acaba por conquistar Berlim, ele está então, no auge de seu poder. Nesse primeiro trecho podemos ver como funcionou o crescimento de Napoleão e como isso afetou a França.

  11. O vídeo nos mostra o grande poder que o imperador Napoleão Bonaparte conquistou durante o período pós-revolucionário. O antes jovem líder de exércitos cresceu e se transformou em um líder de grande parte da Europa. Com seu poderoso exército, Napoleão conquistou terras, enfraqueceu o poder do Império Romano e fez com que a França se tornasse a nova governante do continente. Napoleão definitivamente transformou o antigo paradigma da Europa, provocando a separação da Igreja e do Estado, implantando um novo código legal à Europa e estabelecendo reformas que mudaram radicalmente a vida das pessoas. Napoleão provocou mudanças que até hoje se mantém, fazendo-o ser lembrado como um dos principais nomes da Europa.

  12. O vídeo nos mostra a França após a Revolução Francesa, onde os conceitos liberdade, igualdade e fraternidade estavam presentes na sociedade. Napoleão era bastante querido pelo o povo, entretanto, haviam alguns que não eram a favor de seu governo, pois este havia tirado a Igreja do poder. Ele não ficou satisfeito apenas com a França e passou a invadir países da Europa, assim conseguindo alguns inimigos.

  13. O vídeo é muito interessante, pois mostra tudo que tinha de expectativa sobre a Revolução Francesa. Assim podemos perceber que há um choque de mentalidade na França. A Igreja Católica e a nobreza, começam a perder espaço nas decisões do Estado. Eles praticamente entram em um tremendo desastre. Após o fim da Revolução, o jovem Napoleão Bonaparte se destaca por suas grandes vitórias em batalhas como general francês, assim o mesmo se declara Imperador da França estabelecendo um novo regime na política francesa. Seus métodos eram extremos, fazendo com que algumas pessoas não gostassem de sua forma de governar.

  14. Interessante a maneira como Bonaparte soube lidar com os os restos de uma França pós revolucionária. Acabada como estava, Napoleão resolveu proporcionar um pouco de Paris para todos os franceses, assim conquistando a confiança de seus conterrâneos tornando-os, também, governantes não propriamente ditos de suas cidades. Dessa maneira, o jovem de inteligência admirável, manipulou a cabeça de muitas pessoas; fez com que as mesmas passassem a pensar como ele queria, e não como ele pensava, assim se tornaria o salvador da Revolução, consequentemente rico e poderoso.
    Não nego a brilhante capacidade de manipular as pessoas que Napoleão trazia consigo. Ele trouxe, de fato, mudanças revolucionárias para a sociedade bem utilizadas até hoje, o problema era a sua fome de poder, que a cada mudança tornava-se cada vez mais saciada, isto é, ele estava chegando ao ponto que queria, o tão não desejado pelos seus súditos, digamos assim.

  15. Mostra bem os pensamentos que fizeram parte da Revolução Francesa, a liberdade e a igualdade, quais Napoleão era a favor, por isso era querido por cause todos. Ele foi muito importante, trazendo boas mudanças para a sociedade.

  16. O vídeo mostra como foi a era pós Revolução Francesa sobre o domínio de Napoleão. A França conquistou outros países, muito deles religiosos, com o sentido de ter mais poder e assim espalhar a cultura retratada da Revolução Francesa. Um exemplo disso é a forte separação da igreja do poder politico, mudando costumes, calendários, formas de medidas e muitos outros. Isso fica visível através dos exemplos dados no vídeo, como por exemplo, a de um divórcio, se o domínio estivesse na igreja, isso não seria aprovado. Napoleão foi um grande general, tendo grande apoio da população,e alcançando altos pontos: Ao fim de várias batalhas, o império cresceu tanto que se ia da Espanha até fronteiras da Rússia.

  17. O vídeo é bem interessante, pois ele mostra perspectivas de um momento histórico muito importante para a Franca: A revolução Francesa. Durante o vídeo, podemos perceber o quanto o país muda, e se transforma graças aos ideais do iluminismo. O poder católico entra em completa decadência e os nobres se encontram em uma situação parecida.Dentre a nova politica do governo francês encontramos Napoleão. Um homem de destaque, que durante a revolução soube liderar tropas e conquistar guerras, ganhando assim poder politico e lugar na sociedade. Com o fim da época do terror, Napoleão sobe ao poder, ganhando, assim, um cargo de grande importância.

  18. O ponto que mais me chamou a atenção sobre o vídeo foi a forma como ele mostrou a versatilidade de Napoleão. A França pós-revolucionaria passou por muitas poucas e boas; ela se iniciou com Napoleão Bonaparte subindo ao poder, ele teve grandes feitos, liderou varias mudanças, fora um general brilhante, tinha o apoio da população e redirecionou a vida francesa, porem seus métodos eram extremos e sua cede por poder era Imensurável, ele liderou o exercito francês em varias batalhas e anos depois, seu império já se estendia da Espanha, as fronteiras com a Rússia.

  19. O video explica como era a frança no fim do sec. XVIII e o começo do sec. XIX, onde o lema da revoluçao francesa, “liberdade, igualdede e fraternidade” estava chegando na frança, isso mudou muito a mentalidade do povo na epoca, napoleo começo a governar o país com o fim da revoluçao francesa, ele apoiva os ideais, e todos gostavam dele. Outro ponto agravante no video é que com o grande poder que napoleo tinha a frança nao era o bastante para ele, e entao começou a invadir e atacar outros países.

  20. O vídeo é muito interessante já que conta com detalhes a historia da França, ele começa a partir da Revolução Francesa e vai até o fim da vida do imperador Napoleão Bonaparte. Outra coisa muito importante no vídeo também é a historia politica-militar que conta sobre Napoleão, ele começa desdou final da Revolução quando ele ganhou poder e virou o imperador, depois ele explica com detalhes o reinado de Napoleão, que era muito bom em minha opinião. Mas nem todos gostavam de Napoleão, alguns cidadãos não eram a favor ao novo imperador, já que ele tirou a igreja do poder.

  21. O vídeo é otimo, e merece destaque pela ideia de citar testemunhos de pessoas daquela epoca que sentiram na pele as mudanças propostas por Napoleão. Entre elas esta a criação de novas medidas, tais como o metro, litro e quilograma. Também o lugar onde jaziam os mortos, nao mais nos patios da Igreja. Estas entre varias outras reformas marcaram o poder de Napoleão, que foi quem mais aclamou e deu continuação a euforia da Revoluçao e seus ideais, nao que seus resquicios tivessem desaparecido, nao. Mas Napoleão foi quem, na aplicaçao de seus ideais no cotidiano e no campo de batalha, mais obteve destaque nesta ardua tarefa. Sedento por poder, nao cansaria enquanto nao dominasse toda a Europa, seu imperio estava se expandindo cada vez mais, conquistando admiradores. Mas, claro, houveram aqueles que se opuseram ao dominio dele, como, por exemplo, o Sacro Império Romano-Germânico, contra quem, mais tarde, declararia guerra. Venceria. Se auto-proclamou imperador, contra a vontade de muitos, inclusive da propria familia.

  22. O vídeo é bom e bem interessante pois mostra como era a França no fim do século XVIII ao século XIX. mostra também a “chegada” da Liberdade, Igualdade e Fraternidade, ideais que surgiram no auge da Revolução Francesa. Napoleão Bonaparte, que passou a governar o país com o fim da Revolução, apoiava esses ideais, mas com uma sede por poder e territórios ele começou a travar várias guerras com países vizinhos e se distanciou dos ideais da Revolução

  23. O vídeo é excelente, pois explica bem como era a França no fim do século XVIII-começo do século XIX. Liberdade, igualdade e fraternidade estavam finalmente chegando ao país, algo inédito e que mudou muito a mentalidade do povo. Napoleão Bonaparte, que passou a governar o país com o fim da Revolução, apoiava esses ideais e era muito querido pelo povo por causa disso. Outro dos pontos principais do vídeo é o crescente poder de Napoleão, que não se contentou com a França e invadiu outros países.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s