Revolução Francesa

Parte 9:

About these ads
Categorias: Coruja Sapiens | 22 Comentários

Navegação de Posts

22 comentários sobre “Revolução Francesa

  1. Robespirre começou a associar o terror a virtude, já Danton e os dantonistas eram contra e ameaçaram atacar a revolução. As coisas já haviam começado a melhorar, já não havia tanta fome e a França havia ganhado a maioria das batalhas, só que Danton dizia o governo precisava de uma normalização mas Robespierre acreditava que era cedo demais para e isso e a França não estaria pronto. Danton organizou um grupo para acabar com o terror, o que deixou Robespierre furioso pois viu isso como uma traição e uma ameaça direta ao governo. Robespierre começou a perseguir e matar todos os dantonistas e o próprio Danton que para ele eram traidores. Com eles fora do caminho se iniciou uma nova fase do terror o “o grande terror” onde a paranoia e as excussões. Foi ai que Robespierre inaugurou um novo feriado religioso “o festival do ser supremo” no qual o objetivo era substituir o deus católico por um novo deus “a deusa da razão” e no meio da cerimônia Robespierre apareceu usando uma togo, perdendo grande parte de sua dignidade e todos acreditavam que ele estava completamente maluco, diante a isso ele fez um discurso chei de ameaças e com uma lista de novos procurado e todos tinham medo de estar nela por isso o prenderam antes que ele pudesse falar, ele e seus aliados tentaram de matar mas so ele fracassou e acabou na guilhotina acabando com o terror. Surgiu a nova republica, ao longo de 5 anos o poder se consolidou e acabou ficando concentrado na mão de um só homem Napoleão Bonaparte.
    chegou assim ao final de um período marcante na história do mundo que mudou pra sempre a história da sociedade ocidental!!!

  2. Thaís Leão

    Robespierre estava no poder e ele achava que o terror era o instrumento para criar a virtude, porém muitos se opunham a essa opinião, como Danton que criou um grupo contra o terror. Desta forma Robeespierre se sentiu traído e rapidamente todos que apoiavam Danton foram presos e condenados à morte, assim como ele.
    Depois disso surgiu outra fase do terror, o grande terror em que o número de mortes cresceu bastante e Robespierre chegou a loucura, ele criou uma nova deusa, a deus da razão que substituiria o deus superior. E no meio da multidão ele aparece vestindo uma toga, como se fosse Deus.
    Todos acreditam que ele está louco, então ele aparece com uma lista de inimigos que ele irá condenar a morte, mas ele não mostra então todos ficam com medo e o tiram do poder. Em uma situação decadente Robespierre tenta se suicidar, mas não consegue, ele acerta o tiro em sua mandíbula, então não consegue mais falar e é ridicularizado e condenado a guilhotina.
    O terror morreu com Robespierre, mas a revolução não. Cinco anos se passaram enquanto a França vivia um período de incertezas, logo depois chegou um novo homem para governar o país, Napoleão Bonaparte. E esse seria o fim da Revolução Francesa, um dos mais importantes acontecimentos históricos.

  3. Duda

    Danton não estava concordando com o camino que Revolução estava seguindo, para ele algo precisava ser feito, resolveu criar um grupo para combater o fim do terror na França, mas uma figura muito importante Robespierre viu isso como uma traição, uma ameaça para o governo. Logo depois Danton e seu grupo foram presos e mortos.
    Com o caminho livre Rospierre, levou a França a mais uma fase de terror, O Grande Terror, nesta fase as execuções eram muito frequentes, chegando a 800 por mês na França.
    Rospierre estava ficando cada vez mais sem controle sobre si mesmo. Até que o mesmo, em uma das vezes que estava na Republica, anunciou que tinha uma grande lista de inimigos presente lá, mas não revolou os nomes, o que piorou a situação pois todos ficaram com medo de estar na lista.
    Para resolver a situação Rospierre foi preso com seus colegas, mas na manhã seguinte os dois colegas do estudioso se suicidaram e Rospierre tentou fazer o mesmo, atirando contra se mesmo, inconciente da bala seguiu para ser a ultima vitíma do banho de sangue que ele mesmo tinha começado.
    Junto com Rospierre o terrorismo morreu mas a Revolução não.
    Depois de muitas duvidas e indecisões, o poder da França estava novamente concentrado em apenas um homem, Napoleaõ Bonaparte.
    Muitos historiadores acreditam que
    junto com o sistema Feudal a Revolução também chegou ao fim com a chegada de Napoleaõ, outros dizem que a Revoluçã só acabou muito tempo depois, mas uma coisa é certa muitos ensinamentos da Revolução são presentes até hoje na nossa vida.

  4. Vítor Chaves

    Robespierre acreditava que o terror seria um instrumento para a criação de virtude, que em minha opinião são coisas totalmente diferentes. Outros, porém, discordavam. Danton e os dantonistas, homens aparentemente mais sensatos, achavam que ele deveria acabar, pois já servira seu propósito.
    Na primavera de 1974, a situação da França foi se estabilizando, principalmente em relação à comida, e foi nesse contexto que Danton começou a se mover para realmente acabar com o terror. No entanto, Robespierre não encarou isso como uma diferença de opiniões, mas como uma traição. E em seguida, Danton e os seus seguidores, foram levados a navalha nacional. As últimas palavras de Dalton foram: Só não gosto de ir antes do rato de Robespierre.
    Com o caminho livre, Robespierre tomou o controle e levou a França a um período o qual o terror seria ainda maior, o “o grande terror”. As execuções chegavam a somar 800 por mês somente em Paris.
    Um dia então, a guilhotina parou. Robespierre criaria um novo ferido, o dia da Deusa da Razão, que substituiria a antigo deus católico.
    Depois de aparecer no auge de uma cerimônia, vestindo uma toga, dando a entender que seria um ser superior ou um Deus, os colegas dele passaram a achar que ele estaria louco.
    Robespierre então faria algo que custaria sua vida. Ele chegou perante a convenção e fez várias ameaças, dizendo as pessoas que teria uma lista de traidores da revolução os quais deveriam ser mortos. E seu erros foi não divulgar os nomes.
    Quando pretendia divulgar os nomes, foi preso e expulso da convenção. De manhã, um som ressoara pela prefeitura. E quando os soldados foram ao seu encontro se depararam com Robespierre semiconsciente, com um tiro na mandíbula, uma aparente tentativa de suicídio. Em seguida, fora levado “a navalha nacional” e silenciado. Essa foi a única forma de por fim ao terror.
    O terror morreu com Robespierre, mas não a revolução. Os direitos do homem, a democracia, a nova república; as realizações da revolução viveriam bem mais que qualquer um dos revolucionários.
    Cinco anos depois, o poder se consolidou novamente nas mãos de um único homem, Napoleão Bonaparte.

  5. Juliano Amaral

    Para Robespierre o terror era a única maneira de chegar à paz e virtude, mas outros revolucionários discordavam, como por exemplo, Danton que achava que a revolução estava caminhando pelo caminho errado, achava que o terror devia chegar ao fim e seus seguidores concordavam.
    A situação na frança começou a melhorar em 1794, a situação da comida estava melhor, a França começava a ganhar nas guerras. Enquanto isso Danton dizia que o a França precisava mudar algumas coisas e isso incluía o fim do terror, mas Robespierre achava que não era hora de fazer isso porque tinha esperança de que o terror pudesse melhorar ainda mais a situação da frança. Danton organizou um grupo de pessoas para discutir sobre o fim do terror, mas Robespierre viu isso como traição e mandou prender Danton e seus seguidores e envia-los a morte.
    Agora se iniciava o grande terror e com ele as mortes se multiplicaram para valer e com isso as pessoas ficavam mais paranoicas, mas em 06 de junho de 1794 a guilhotina não funcionaria, era um feriado religioso feito por Robespierre para substituir o Deus católico pela Deusa da razão. No clímax da cerimônia quando as pessoas estavam em volta de uma montanha de papel machê Robespierre emergiu desta montanha com uma toga.
    O grande terror continuava, mas depois do episodio da cerimônia às pessoas achavam que Robespierre estava perdendo o senso da realidade e ficando maluco. Com isso Robespierre se revoltou e acusou seus companheiros no meio de uma convenção e disse ter uma lista de inimigos da republica, mas não a mostrou isso fez com que os outros se sentissem ameaçados, então no outro dia ele foi preso antes de poder argumentar.
    Em um dia Robespierre tentou se suicidar, mas o tiro desviou e destroçou sua mandíbula, depois foi levado para a guilhotina em 27 de julho de 1794. Todos sabiam que a única maneira de derrubar o terror (algo que todos queriam) seria derrubando Robespierre e isto realmente aconteceu.
    Agora a revolução continuava, sem o terror, mas com medo de seu retorno assim como o medo da volta da monarquia. Então anos depois o poder estava na mão de um imperado, Napoleão Bonaparte.
    Não se sabe ao certo o fim da revolução, acreditasse que terminou com o começo do império de Napoleão ou até depois do séc. 19, mas mesmo com seu fim ela, seus defensores e seu lema deram força e inspiração a outras revoluções pelo mundo.

  6. Lucca Viana

    Danton e seus seguidores não viam o terror como uma virtude. Eles achavam que o terror deveria acabar, ameaçando, inclusive, mudar o lado pelo qual lutavam na Revolução.
    Com o tempo, a situação da França foi se estabilizando, principalmente em relação à comida, e foi nesse contexto que Danton começou a se mover para realmente acabar com o terror. Robespierre era totalmente contra essa ideia, e considerou isso uma espécie de traição.
    depois de certo tempo, Robespierre foi tirado do poder. Foi morto, em uma aparente tentativa de suicídio. Aquele que concebeu um sistema de tirania teria sido silenciado. Após cinco anos, o poder da França novamente se consolidou na mãe de apenas um homem, que era Napoleão Bonaparte.
    Existem algumas ideias diferentes sobre o fim da Revolução Francesa, mas é certo que foi um grande momento em que o povo tinha o futuro em suas mãos. O povo poderia decidir o seu destino. Isso foi um importantíssimo marco para a sociedade, inclusive em relação às formas de governo, afinal de contas, o povo conquistou, finalmente, liberdade, igualdade e fraternidade.

  7. Vinicius Nogueira Costa

    Robespierre, constitui a fase da revolução fracesa conhecida a época do terror, mas Dalton não concordava com as idéias de Robespierre. Dalton só era a favor que a população devia impor a liberdade.
    Mesmo Dalton, viu que a Revolução Francesa estava indo longe de mais que tinha que parar, pois ele percebeu que já estava longe de mais do que devia ser. Assim um dos maiores pensadores, apoiadores da Revolução acabou se voltando contra ela. Isso foi o necessario para ele e seus seguidores ir para navalha.
    A Revolução Francesa chegou num nivel tão grave que morriam na faixa de 800 pessoas por mês por decaptação!
    Robespierre, chegou a fazer um feriado que não poderia fazer decaptaçoes nesse dia.
    Numa assemblei Robespierre fez uma lista com os ontrarrevolucionários, mas não conseguiu completar de falar a lista, pois Robespierre foi calado com a voz do povo que estava revoltado.
    Depois ele foi para um locol aonde ficavam os seus amigos
    Depos Robespierre foi encontrado subconciente, mas mesmo assim ele queria ser decaptado, pois no sua concepção isso só ia acabar quando ele morrese.
    Depois a Revolução Fracesa continuou mas com uma forma mais calma (menos violenta)
    Mesmo com varias essa revolução propocionou um modelo de sociedade de varios paises existentes, deixou a declaração dos direitos humanos além de trazer o começo da Democracia

  8. O filme retratou todo o período da Revolução Francesa onde as pessoas começaram a ter conhecimento do que estava acontecendo e começaram a entender que a economia estava enfraquecendo.
    As consequências de tudo isso foi uma grande parte da população com fome, as revoltas que aconteciam com mais frequência e o aumento dos impostos cobrados pelo rei o que deixou a população mais desesperada.
    A população se revoltou com tanta injustiça e tiraram o rei do poder e foi guilhotinado em praça pública juntamente com a rainha.

  9. Débora Costa

    Robespierre apoiava o fato do terror permanecer, diferente de Danton e de seus companheiros, pois não viam o terror como uma virtude e, para eles isso tinha que acabar.
    Mas, Robespierre não concordou com a ideia dos daltonistas, mandado-os para a guilhotina, onde o terror continuou presente na frança, que causou a morte de centenas de pessoas. Porém, surgiu um feriado religioso inventado por Robespierre, promovendo a Deusa da Razão, com o propósito de criar uma crença não católica.
    Essa ideia não foi muito aceita pelo povo, porque acabaram achando que Robespierre estava ficando louco, declarando sua morte. No dia seguinte, o encontraram machucado mas estava vivo,e isso teria sido uma tentativa de suicídio que não funcionou. Logo, ele foi mandado para guilhotina da mesma forma pela qual mandou todas aquelas pessoas.
    Com sua morte, o terror a acabou, mas a revolução permaneceu pela chegada de Napoleão Bonaparte, que trouxe de volta o terror.
    Pode-se constatar que a Revolução foi um importantíssimo marco para a sociedade, pois o povo conquistou, apesar de todo o sacrifício e de muitas mortes, finalmente,a liberdade, a igualdade e a fraternidade.

  10. Maria Beatriz

    Depois de muitas batalhas, a revolução iria conseguir acabar com seu próprio criador que conseguiu criar muitas leis que eram impostas ao povo na época. Com essas leis o povo começou a ficar com paranoias e a ter pensamentos muito fora da realidade. A partir do momento em que os revolucionários tomaram o poder o caus aconteceu e começou a era da virtude que era comparada com o terror e que ambos deveriam estar juntos nessa revolução e que um sem o outro não conseguiria ser realizado.
    Essa revolução se tornou muito importante para o povo francês e para o mundo pois muitas pessoas perceberam que podiam fazer escolhas numa sociedade democrática e também ter uma maior democracia através de direito conquistados com o esforço de todas as pessoas que não faziam parte de poder ou da monarquia, ou seja, não tinham nenhum poder sobre a sociedade e não podiam expressar seus ideais.

  11. Yule Souza

    Robespierre estava cada vez ganhando poder e queria mudar o deus cristão por uma nova deusa e muitas pessoas já estavam pensando que ele queria ser um rei ou até um deus. E naquele momento, os companheiros de Robespierre decidiram que ele não poderiam mais continuar comandando o governo.
    E também ele fez um discurso que estava cheio de ameaças o que o afastou por completo do governo e ele ficou em custodia junto com os seus 11 companheiros no palácio e ao amanhecer foram ouvidos tiros e viram que Robespierre teria tentado se matar, mas o tiro não foi suficiente para matá-lo, só foi suficiente para deixá-lo sem conseguir fala.
    Então Robespierre foi levado para o Comitê de Salvação Publica onde ele passou as últimas horas de sua vida, apenas ouvindo os seus antigos amigos o ridicularizando, pois ele não conseguia falar. Depois ele foi levado para a guilhotina onde seria morto.
    O Grande Terror que estava assombrando Paris morreu junto com Robespierre, mas a Revolução e os direitos do homem, a democracia e as realizações da revolução continuaram.
    E após cinco anos, o poder voltou a um homem que era Napoleão Bonaparte e assim, para alguns historiadores, acabou a Revolução Francesa.

  12. Lucas Barbosa

    Danton queria que o terror acabasse mas Robespierre queria mais derramamento de sangue. Danton foi para a guilhotina junto a seus seguidores pelo fato de ter “traído” a revolução pelo ponto de vista de Robespierre. Assim Robespierre deu origem ao grande terror onde por exemplo se matava, só em Paris, 800 pessoas por mês. Robespierre também criou o dia do ser supremo onde a guilhotina se silenciava, mas as pessoas eram obrigadas a adorar uma deusa inexistente que era a deusa da razão e isso foi julgado como a maior loucura de Robespierre. Logo depois deste fato ele foi julgado e morto pela guilhotina de onde ele queria escapar e por isso dentou se suicidar, mas só despedaçou sua mandíbula. Após os cinco anos sem o grande terror surgiu Napoleão Bonaparte que para alguns foi quem acabou de vez com a revolução. .

  13. Pedro Levi Rocha Leão

    Para Robespierre, a época do terror deveria continuar. No entanto Danton e todos os seus seguidores acreditavam que o terror já havia alcançado os seus objetivos e se reuniram visando o fim das épocas onde o terror dominava. Robespierre considerou tal ato como traição e mandou seu amigo Danton e os dantonistas (aqueles que apoiavam Danton) para a guilhotina.
    Com a morte dos Dantonistas, o terror aumentou ainda mais e os mortos chegavam a somar 800 por mês somente em Paris.
    Depois de tudo, Robespierre promoveu um feriado para a “deusa da razão” e na cerimônia, ele surgiu no alto de uma montanha com uma túnica branca. Isso fez a população francesa pensar que Robespierre havia ficado maluco. Robespierre, junto com seus seguidores, foi preso e foi encontrado no dia seguinte com a mandíbula estraçalhada após uma tentativa de suicídio.
    Maximilien Robespierre passou suas últimas horas na sala onde havia condenado tantas pessoas à guilhotina e depois de seu julgamento foi condenado à morte.
    Robespierre foi morto e junto com ele morreu o terror na França, porém a revolução permaneceu viva.
    5 anos após a morte de Robespierre, o poder francês se consolidou na mão de apenas um homem (Napoleão Bonaparte).
    Gostaria de destacar um aspecto que me chamou muito a atenção nesse vídeo, que foi o fato de a revolução francesa ter influenciado em tantas outras revoluções em todo o mundo.
    Mais uma vez deixo meus sinceros elogios ao documentário.

  14. Nem Danton, nem seus seguidores viam o terror como algo bom. O terror tinha que acabar.
    A França foi voltando ao normal aos poucos, com a sua comida sendo restaurada, entre outras coisas. Então, Danton viu a chance de acabar com o terror. Porém, Robespierre era totalmente contra essa ideia, e considerou isso uma espécie de traição. Sendo assim, Danton e seus seguidores foram condenados à morte, sob a acusação de traição.
    Assim, Robespierre dirigiu o país para uma situação ainda mais caótica. Nesse período, as mortes aumentaram escandalosamente, contando, em Paris, 800 mortos por mês.
    Após certo tempo, Robespierre foi tirado do poder, morto, em uma aparente tentativa de suicídio, e após cinco anos, Napoleão Bonaparte havia o poder da França em suas mãos.
    O fim da Revolução não é certo, mas uma coisa é: o povo finalmente conquistou o seu lugar, com igualdade, liberdade e fraternidade.

  15. Victor Goiana Landim

    No auge da revolução, os jacobinos, liderados por Robespierre, implantam um regime de terror, onde milhares de pessoas foram guilhotinadas na França. Membros da nobreza e do clero são mortos e até os Girondinos por serem acusados de não defender a revolução. Por consequência, vários de seus simpatizantes tiveram o mesmo destino.
    Robespierre passa a fazer parte do Comitê da Salvação Pública e personifica a revolução na busca dos ideais de igualdade e liberdade. A ideia era que os inimigos da revolução deviam ser eliminados a qualquer custo. Em 1794, mandou executar Danton, o revolucionário que propunha um rumo mais moderado para a revolução. Neste mesmo ano, tornou-se Presidente da Convenção Nacional. No dia 27 de julho, numa sessão tumultuada, Robespierre afirmou possuir uma lista com todos os traidores de dentro da Convenção, causando medo e revolta em todos ali presentes. Foi detido imediatamente por seus inimigos. Robspierre tentou se suicidar com um tiro na mandíbula, mas não conseguiu e logo após foi preparado e mandado para a guilhotina. Todos desejavam o fim do terror e todos sabiam que só conseguiriam isso com a morte de Robspierre. Mas os atos desse personagem controvertido entraram para a história. Ora como o defensor do povo e dos ideais democráticos, ora como um dos primeiros ditadores sanguinários da era moderna.
    Cinco anos mais tarde uma nova figura chegou ao poder, Napoleão Bonaparte, como chefe maior do exercito e imperador da França.

  16. João Lobo

    Mesmo com todo esse derramamento de sangue Robespierre acreditava que o terror tinha que continuar, ao contrário de Danton que achava que o terror deveria parar.
    Como Danton tinha ideias contrárias as de Robespierre, este acreditou estar sendo traído e mandou matar danton e seus seguidores na guilhotina, na hora de sua morte Danton falou “Meu único pesar é morrer antes que o rato de Robespierre.”
    Com o novo regime de Robespierre as mortes aumentaram gradativamente, chegando a 800 mortes na navalha nacional por mês somente em Paris.
    Um dia Robespierre promoveu um feriado religioso, pois acreditava que as pesoas deviam ter uma divindade, mas a promovida por este feriado não foi o deus católico, e sim a “Deusa da razão”, a cena foi retratada com uma montanha no centro de paris onde estavam coros com túnicas e no ápice desta comemoração, o próprio Robespierre emergia com uma toga branca.
    O povo e muitos revolucionarios ficaram revoltado, pois acreditaram que Robespierre tinha perdido sua sanidade, e começaram a duvidar de algumas sentenças suas, e o prenderam, junto com seus seguidores.
    Porém, após um dia Robespierre foi encontrado com a mandibula quebrada e “aos pedaços” por uma tentativa de suicídio, assim como seus seguidores, que estavam mortos pelo mesmo motivo de suicídio.
    Assim Robespierre foi morto na guilhotina, e foi o ultimo morto da sua própria era do terror. Mas a revolução não partiu junto com ele.
    Mas somente 5 anos depois o poder se consolidou nas mãos de um único homem, este foi Napoleão Bonaparte.

  17. Carolina Barbalho

    Robespierre acreditava que o terror deveria continuar, e o associava a virtude. Danton acreditava que o terror já tinha conseguido o queria, e que o estado agora deveria se normalizar, assim Danton e seus seguidores os dantonistas se reunirão para discutir o fim do terror, para Robespierre isso foi visto como traição, e mandou para a guilhotina danton e seus seguidores.

    sem os dantonista no meio do caminho, o terror continuou e aumentou os carrascos não tinham descanso e as mortes chegavam a 800 por mês só em Paris.

    Mas um dia aguilhotina parou, Robespierre tinha promovido um novo feriado religioso e em vez ao deus católico, o feriado era para a “Deusa da razão”, em uma cena onde o priprio Robespierre surgia com uma tunica branca, e “neste momento muitas pessoa devem ter pensado, quem ele pensa que é? Ele pensa que é Deus? ou o Rei?”

    Muitos pensaram que aquele momento provava que Robespierre não estava mais são. E o prenderam, junto com seus alidos, no outro dia encontraram seus companheiros mortos por suicídio e Robespierre semi consiente com a mandíbula estraçalhada por uma tentativa de suicídio.

    Assim Robespierre passou suas ultimas horas na sala onde tinha condenado tantas outras pessoas, e no outro dia Robespierre foi morto na guilhotina, sentenciado a ser sua ultima vítima.

    Assim Robespierre moreu, e junto com ele também o terror, mas não a Revolução. Cinco anos depois o poder novamente se consolidou nas mãos de um unico homem…Napolião Bonaparte.

    A revoluçaõ francesa continuou a inspirar diversas revoluções em todo o mundo, até hoje.

    Parabéns! o Blog é muito bom.

  18. Pedro E. Gomes

    Nem Danton, nem seus seguidores viam o terror como uma virtude. Eles achavam que o terror deveria acabar, ameaçando, inclusive, mudar o lado pelo qual lutavam na Revolução.
    Com o tempo, a situação da França foi se estabilizando, principalmente em relação à comida, e foi nesse contexto que Danton começou a se mover para realmente acabar com o terror. Robespierre era totalmente contra essa ideia, e considerou isso uma espécie de traição. Sendo assim, Danton e seus seguidores foram condenados à morte (seus atos foram julgados como traição), já que ainda estavam sobre o governo “terrorista”.
    Sem ameaças em sua frente, Robespierre dirigiu o país para uma situação ainda mais caótica. Nesse período, as mortes aumentaram consideravelmente: chegavam a 800 por mês, em Paris!
    Após certo tempo, Robespierre foi tirado do poder. Foi morto, em uma aparente tentativa de suicídio. Aquele que concebeu um sistema de tirania teria sido silenciado. Após cinco anos, o poder da França novamente se consolidou na mãe de apenas um homem, que era Napoleão Bonaparte.
    Existem algumas ideias diferentes sobre o fim da Revolução Francesa, mas é certo que foi um grande momento em que o povo tinha o futuro em suas mãos. O povo poderia decidir o seu destino. Isso foi um importantíssimo marco para a sociedade, inclusive em relação às formas de governo, afinal de contas, o povo conquistou, finalmente, liberdade, igualdade e fraternidade.

  19. Marina

    Para Danton e alguns outros revolucionários, a era do terror deveria acabar, pois muito sangue já havia sido derramado era preciso que as coisas se normalizassem. Mas Robespierre achava que era muito sedo, então este mandou matar os que eram a favor de Danton, inclusive ele também. Após isso a frança entrou em ou outra era a do “grande terror”, que era bem pior que “o terror”.
    Muitas pessoas acharam que Robespierre tinha ficado louco, pois ele decidiu criar um novo feriado religioso, o festival do ser supremo, que substituía o Deus católico pela Deusa da razão, além disso, ele fez um discurso com ameaça de ter feito uma lista de “inimigos da república”e não a mostrou, todos ficaram com medo de estarem na lista, então ele ficou preso na prefeitura e levou um tiro no rosto que deixou sua mandíbula completamente estraçalhada, e dias seguintes foi morto na guilhotina como tantos outros.
    Mesmo com todo o sangue derramado, a revolução francesa proporcionou um modelo de sociedade para vários países, deixou a declaração dos direitos humanos e estabeleceu uma prévia da democracia.

  20. Maria Clara Estellita

    As duas últimas partes do documentário focam no grande mestre da oratória que foi Robespierre. Ele instituiu uma nova faze na Revolução que era a faze do Terror.
    Porém, Dalton não concordava com as “grandes ideias de Robespierre”, só com uma, que a população deveria impor a liberdade.
    Mas até mesmo ele viu que a Revolução estava indo longe demais, e resolveu voltar atrás e se necessário, se voltar contra a Revolução.
    Isto foi o suficiente para que ele e os seus seguidores, os daltonistas, fossem levados a navalha nacional. As últimas palavras de Dalton foram: Só não gosto de ir antes do rato de Robespierre.
    As execuções chegavam a quase 800 por mês, assim, Robespierre criou um novo feriado em que não poderia haver execuções.
    No auge da festa do feriado, ele apareceu vestido com uma toga. Neste momento, Robespierre perdeu toda a sua credibilidade.
    Algum tempo depois, o mesmo apareceu no comitê de salvação com uma lista onde ele disse que estavam nomes de contrarrevolucionários, ele não conseguiu terminar o seu discurso pois foi silenciado pelas vozes do povo.
    Logo após foi levado para uma local onde ficou confinado com mais algumas amigos.
    Foi encontrado subconsciente com um tiro no maxilar. Não podia mais se defender.
    Foi levado para a guilhotina pela população, pois ela achava que o terror só iria acabar se ele morresse .

  21. Victória Braga

    Danton e seus companheiros achavam que a França já havia passado por um longo período de Terror e já estava na hora de torná-la um ambiente mais calmo. Porém, Robespierre discordava e dizia que era preciso prosseguir com o Terror até a República estar mais estável.
    Danton morre guilhotinado e depois disso Robespierre consegue tornar a Revolução ainda mais violenta. No entanto, após um dos seus discursos, em que ele afirmou possuir uma lista dos traidores revolucionários, o homem adquiriu ainda mais inimigos, o que o levou a ser condenado a execução.
    Apesar da sua morte, a Revolução continuou acontecendo, só que de forma bem menos violenta. O movimento ficou famoso por ter proporcionado grandes mudanças sociais: foram criados os Direitos do Homem e do Cidadão, e uma nova sociedade surgia defendendo os princípios democráticos. As repercussões da Revolução Francesa também influenciaram bastante na formação de Repúblicas em diversos países…

  22. luiz eduardo teles de oliveira

    [o filme que vimos sobre a revolução francesa foi muito bom ele consegue retratar como o povo a epoca foi acumulando raiva e agustia por que na epoca a economia ficou extremamente fragilizada devido a isso a fome almentou as revoutas almentarão então era so uma questão de tempo ate almentar as revoltas se não bastase a fome para enfurecer o povo o rei pedia cada vez mais impostos essa foi a gota final agora a uica coisa que separava uma revolução em grande escala de um povo em furecido era so uma questão de um lider depois que eles acharam esse lider que eles tanto procuravão ,ficou fassio por que fora todas as injustisas ocorridas como a fome e o almento de impostos que ja os deichava enfurecidos agora eles tinhão um lider que atissava cada vez mais a furia do povo então foi so uma questão de tempo ate esse lider com a ajuda do povo tirarem o rei do poder e foi extamente isso que acoteceu o rei foi tirado do troo a força e decapitado em praça publica juntamete a raiha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com. O tema Adventure Journal.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 383 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: